terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Unificação suspeita



Como tods já sabem, a CBF anunciou a unificação dos títulos brasileiros pré e pós 1971, ano que a entidade tornou-se organizadora da competição e criou o 'Brasileirão'.

Muitos podem discordar, mas, essa atitude foi a maior bola fora de todos os tempos do futebol brasileiro. Não é viável comparar os campeonatos da 'Taça Brasil' ou 'Taça de Prata' com o Brasileiro que vemos hoje em dia ou que alguém já tenha visto, sendo o fator comparativo a forma de disputa, os times, o dinheiro envolvido... nada. Tudo bem que os jogadores mereciam um reconhecimento e tudo mais, porém, que inventassem algum título novo, pois o Brasileiro é muito importante para ser mudado assim.

Não é possível que após 30 anos, a CBF vai com a maior cara-de-pau do mundo e diz que é isso e ponto final. A confederação não teve nenhum controle sobre os campeonatos que antecederam o Brasileirão, podendo aceitar injustiças, roubos, combinados, etc sem ninguém saber. Afirmo com toda a certeza e letras que a decisão teve uma questão política, econômica e, quem sabe, futebolística. É muito estranho o fato acontecer logo após o título do Fluminense, antes bi-campeão e, agora, tri. E se o Flu não tivesse ganho?

Acontecimentos como esses chegam a dar vontade de parar de acompanhar o futebol nacional e ficar de saco cheio como o Ronaldo disse. Chega a ser ridículo um dia um clube ter 2 taças do Campeonato Brasiliero e no outro ter nada mais, nada menos do que 8.

Mesmo não aceitando a ideia, é a realidade e vou ter que me conformar. Mas, quem sabe, título do Campeonato Espanhol também conte como um Brasileirão? Santos que se cuide... Real vem com 31 troféus e promete mais: Mourinho quer desbancar Joel como o 'Rei do Rio'.


Abração,

Luís Felipe Barreiros (@luisfbarreiros).

9 comentários:

Jhennifer Fraga disse...

Essa confusão de títulos é culpa da CBF,o mínimo que ela podia fazer era unificar logo esses título.
Creio que se o Fluminense não tivesse ganho seria unificado do mesmo jeito,pois desde novembro foi entregue um dossiê analisando cada conquista.

abraços!

fluminensetricolorguerreiro.blogspot.com

Gabriel Tramarin disse...

Cara vou tem que discordar de você mas eu acho esta decisão certíssima.Se foi organizada pela CBF tem que ser reconhecido como campeonato brasileiro e ponto final.

Tá certo que essa decisão deixa os sãopaulinos e flamenguistas bravos por ela acontecer muitos anos depois mas é o certo.

Forte Abraço
http://saopauloblognews.blogspot.com/

Admsports disse...

Infelizmente discordo em partes com o que diz, apesar de achar a unificação feita pela cbf despreparada e mal elaborada acho correto que haja uma unificação de tais titulos nacionais...a mesma coisa deveria ter sido feita pela FIFA com os mundiais e nao descidir jogar no lixo a historia dos clubes, historia essa que ela msmo apoiava!

abrass

www.admsports.blogspot.com
@admsport

Giovani Mattiollo disse...

Sem dúvida, demoraram para fazer isso, mas achei justo.

Mostrou como foi vitoriosa a era de Pelé, no Santos.

http://gremista-sangueazul.blogspot.com

Luís Felipe Barreiros disse...

Todo mundo aqui tá falando que é contra porque, de uma forma ou de outra, o clube do coração foi ajudado. Temos que usar mais a racionalidade do que a paixão e sentimentos em alguns casos...

Não foi, por exemplo, o reconhecimento do hexa rubro-negro, mas, sim, a mudança de TUDO no futebol brasileiro. Desda imagem do clube até os investimentos.

Mas, é isso. Cada um com sua opinião.

Abraço!

Opinião do Carvalho disse...

Luís Felipe, esse assunto é tão óbvio que dá preguiça de discutir.
Comparar um título ganho em 4 jogos com um ganho em 38, é coisa de imbecil ou de fanático.
Infelizmente temos os dois em profusão em nosso país.
Parabéns pelo texto e abração.

Rodrigo Carvalho

Net Esportes disse...

Falou e disse meu caro, tem ano aí que o cara foi campeão brasileiro duas vezes no mesmo ano .... maior palhaçada .... hoje em dia tem o Brasileiro e Copa do Brasil ... aí o cara ganha a Copa do Brasil e fala que é campeão nacional igual ter ganho a Taça Brasil ..... a CBF é muito sem noção.

Gabriel Campi disse...

Luis, também postei no meu blog sobre este assunto. A primeira vista, tive a impressão os craques e grandes esquadrões estavam sendo justiçados. Hoje, quando eu soube da notícia que o TAÇA BRASIL se tratava de um torneio de mata-mata, com os campeões estaduais, mudei de opinião. A Taça Brasil nada mais foi do que uma COPA DO BRASIL das "antigas". O Robertão sim, pode ser considerado como um Campeonato Brasileiro.

Abraços!

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

Luís Felipe Barreiros disse...

Carvalho
Exato, exato! Alguém tem a mesma opinião que eu. Aleluia! Hahaaha.

Guilherme
Tem isso também... não tem como comparar os campeonatos. Foi uma bola muito fora da CBF com o próprio futebol brasileiro.

Gabriel
É... algumas pessoas concordam pelo seu time ter sido favorecido ou porque foi uma atitude 'legal', mas, não é bem assim...

Abração!

Seguidores