terça-feira, 30 de novembro de 2010

Vale a pena?


Nascido em Conceição do Araguaia, Jóbson Leandro Pereira de Oliveira foi revelado pelo Brasiliense em 2007 e, apesar do bom futebol, foi muito relacionado a casos de indisciplina, como, por exemplo, o caso de envolvimento de drogas, no ano passado, que lhe rendeu 6 meses de suspensão.

Após os 6 meses pensando na vida, Jóbson recebeu outra chance do Botafogo, mesmo clube que jogava quando foi suspenso, devido a suas boas atuações no Campeonato Brasileiro de 2009, atuações que tiraram o Botafogo da degola nas últimas rodadas. Mas, mesmo tendo que aprendeu e teria mudado, o jogador voltou a ser relacionado a casos de indisciplina que vão de gestos obscenos para a torcida a falta de treinamentos, mostrando que o Botafogo errou feio ao dar outra chance ao jovem atleta.

Não culpo o clube carioca por dar outra oportunidade ao jogador, mas, será que Jóbson realmente não aprendeu com os erros do passado? O atleta, mesmo depois de tudo, viu uma chance de ouro cair em seu colo e, com os últimos acontecimentos, está a jogando no lixo. Em minha opinião, ele é um bom jogador, mas, ultimamente não tem jogado bem e, é claro, mau comportamentos são condenáveis dentro do esporte, principalmente quando se liga a drogas, bebidas e mulheres.

O clube alvi-negro já manifestou que a vontade da diretoria é de dispensar o jogador no ano que vem, mas, nada está certo. Seria uma atitude correta moralmente, uma vez que o jogador não cumpre o combinado ou tem comportamentos que podem 'sujar' a imagem do clube, como, por exemplo, aconteceu com o Flamengo no 'Caso Bruno'.

A única coisa certa é que moral do jogador está baixa no clube e, Jóbson já foi retirado da lista de 'filhos do Joel', fato curioso se pensarmos que essa lista já contou com nomes como o do goleiro Bruno ou do meio-campo Marcinho.

Gostaria muito em poder acreditar que o jogador realmente mudou, mas, pelo andar da carruagem, o jovem promissor atleta não aprendeu com os erros e, sem dúvidas, tem que se punido por isso.


Abração,

Luís Felipe Barreiros.

10 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Concordo contigo Luís Felipe.
Esse Jóbson nem tendo ficado preso e impedido de jogar ganhou juízo!

Abraço.

Luís Felipe Barreiros disse...

Pois é. O Jóbson só vai aprender quando não tiver mais nada, só que já será tarde demais. Talento ele tem, só falta cabeça no lugar.

Abração!

Tricolor Guerreiro disse...

Apesar de todo o apoio que o Botafogo deu,o Jóbson não soube aproveitar,pois não teve cabeça no lugar e maturidade para entender certas coisas.

abraços!

fluminensetricolorguerreiro.blogspot.com

Gabriel Campi disse...

Jobson tem qualidade, Luís, mas desde o doping não põe a cabela no lugar. A escolha agora é do Botafogo. Ele terá que ter um tratamento especial.

Abraços!

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

Soham disse...

O Botafogo enquanto instituição precisa observar se a presença de Jóbson é prejudicial ou não ao ambiente no clube. Caso a resposta seja positiva, deveria negociá-lo imediatamente (pode até ser por empréstimo, pois o contrato é de longa duração e o jogador pode valorizar). Do contrário, precisam sentar para conversar com ele e mostrar que a parceria Jóbson-Botafogo tem potencial enorme de ser benéfico para ambas as partes.

Torço por um desfecho assim.

Abraços,
jogadadefeito.blogspot.com

Gabriel Tramarin disse...

Concordo contigo Luís. A culpa evidentemente não é do Botafogo e sim do próprio Jobson que desperdiçou uma baita de uma oportunidade que o Bota deu pra ele.

Se fosse em outros clubes talvez nem dariam afinal o caso dele foi muito grave.

Difícil entender isso , o cara tem tudo que quer , oportunidade de sobra e desperdiça. Complicado ...

Abraços!
http://saopauloblognews.blogspot.com/

Luís Felipe Barreiros disse...

Tricolor

Igual ao que eu disse no texto. Concordo em tudo que você disse.

Gabriel Campi

O potência do jogador é evidente para qualquer um. E, enquanto ao tratamento especial, o Botafogo já fez esse tratamento desda volta do jogador ao clube.

Abraços!

Luís Felipe Barreiros disse...

Soham

Concordo com a ideia de emprestá-lo, mas, em relação a conversa entre os dirigentes e o jogador já ocorreu e, posso te garantir que mais de uma vez.

Gabriel Tamarim

Coisas assim são difíceis de entender, mas, infelizmente, comuns. Se o jogador não tem a cabeça no lugar, por mais qualidade que tenha, não terá sucesso na vida.

Abração!

Net Esportes disse...

Acho que ele já teve a chance a não aproveitou, infelizmente tem pessoas que não mudam ..... tomara que eu esteja errdo para o bem de todos.

Luís Felipe Barreiros disse...

Como você disse, inflizmente há pessoas que não mudam. Esse é o problema. Podem errar 1,2,3,4 ou mil vezes e não aprendem. O

Ainda acredito um pouco na volta por cima do Jóbson, mas, só depende dele e de mais ninguém.

Abração!

Seguidores